CMIN convida para caminhada no Parque da Cidade do Porto

CMIN convida para caminhada no Parque da Cidade do Porto

CMIN convida para caminhada no Parque da Cidade do Porto 1807 2560 CMIN Summit

O Centro Materno Infantil do Norte (CMIN), Porto, organiza, de 29 de junho a 02 de julho, o congresso “Cérebro e Saúde”. O evento termina no dia 02 de julho e o CMIN convida para caminhada no Parque da Cidade dedicada à comunidade, revelou hoje a organização, citada no Notícias ao Minuto.

“O objetivo é juntar a comunidade CMIN: famílias, profissionais de saúde e funcionários. Queremos estimular estilos de vida saudável e partilhar bons momentos. Cada vez mais sabemos que a obesidade e o excesso de peso são fatores de risco cardiovascular. Queremos que, em família, todos pratiquem exercício. E, com isto, cultivar um momento de convívio”, descreveu a médica Ana Teixeira da comissão organizadora do CMIN Summit’22.

CMIN convida para caminhada

Assim, o CMIN convida para a caminhada agendada para 02 de julho (sábado) terá início às 10:00 no Parque da Cidade do Porto e estão convidadas as grávidas, pais e mães, crianças e adolescentes, os avós, bem como todos os cuidadores associados a doentes do CMIN para “um momento de convívio” com os profissionais de saúde e funcionários desta unidade pediátrica que pertence ao Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUPorto).

Quem quiser inscrever-se no evento, que conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto e da cadeia de supermercados Continente, pode escolher entre o ‘pack’ familiar e o ‘pack’ individual.

Dados remetidos à agência Lusa pelo CMIN, que citam um estudo feito no âmbito do projeto “Childhood Obesity Surveillance Initiative” (em português “Iniciativa de Vigilância da Obesidade Infantil”), indicam que crianças portuguesas com idades entre os 06 e os 08 anos mostram uma prevalência de excesso de peso e obesidade em 2008 de 37.9%, percentagem que diminuiu para 29,6% em 2019.

“A obesidade tem vindo a atingir proporções epidémicas em todo o mundo, constituindo assim um dos mais importantes problemas de saúde pública, não só nos adultos, mas especialmente em idade pediátrica”, lê-se no artigo.

À Lusa, Ana Teixeira acrescentou a importância de fazer este alerta aos mais novos, envolvendo-os em iniciativas dedicadas a estilos de vida saudável. Em suma, “ao falar aos jovens e às crianças, estas são um veículo de comunicação com a restante família”.

“Ficamos contentes quando a mensagem que passamos aos jovens passa também aos pais e aos avós. Porque o objetivo destas iniciativas e destas mensagens é alcançar várias gerações”, referiu a também médica nefrologista pediátrica do CMIN.

O CMIN convida para a caminhada de dia 02, que encerra o congresso CMIN Summit’22, que este ano tem como tema “Cérebro e Saúde: Proteger o Cérebro e Cuidar da Saúde”. Além disso, é presidido pelo professor catedrático de pediatria e diretor do centro materno infantil, Alberto Caldas Afonso.

Para esta reunião anual estão já inscritos mais de 700 profissionais quer de hospitais distritais, quer dos cuidados de saúde primários.

“No ano passado tivemos a participação de 12 hospitais e de dezenas de centros de saúde. A expectativa é muito grande para este ano. Já foram submetidos mais de 100 trabalhos e resumos de várias áreas”, apontou Ana Teixeira.

O CMIN Summit’22 decorre ao longo de três dias no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), no Porto, com transmissão ‘online’.

Por fim, do evento destacam-se as “olimpíadas” da pediatria, da enfermagem, bem como da ginecologia e obstetrícia. Consistem na discussão de casos clínicos apresentados por equipas constituídas por dois especialistas e cinco internos de especialidade. E que vão passando de estação em estação para debater as propostas e trocar ideias.